Utilizamos cookies próprios e de terceiros para coletar informação estatística do uso de nosso site e lhe mostrar publicidade relacionada com suas preferências mediante a análise de seus hábitos de navegação. Se continuar navegando, consideramos que aceita o uso dos cookies. Você pode mudar a configuração ou obter mais informações aqui.
Fechar
PlanetadeLivros.com.br
Brochura com orelhas
Outro formato
Formato único
Ver opções de compra

Johnny, você me amaria se o meu fosse maior?

Romance

Brontez Purnell

Editorial: Planeta
Tradutor: Regiane Winarski
Número de páginas: 176

Sinopse de Johnny, você me amaria se o meu fosse maior?:

Johnny, você me amaria se o meu fosse maior? é um romance sujo, direto, em que não sobrevivem quaisquer tabus ou pudores.

Lançado inicialmente por uma editora underground de São Francisco, na Califórnia, este romance conta a história de um artista que se autoclassifica como “gay old school” – personagem que guarda muitas semelhanças com o autor Brontez Purnell.

O protagonista não confia nas novas gerações de homossexuais que invadem as ruas e a noite de São Francisco – aqueles jovenzinhos com seus capacetes “responsáveis” e suas bikes modernas, que não dispensam nunca o cinto de segurança e as camisinhas. Enquanto nutre seu ódio por essa horda, ele sabota suas relações, embarcando em paixões instantâneas e muitas vezes inexistentes nos bares de cruising ou nos parques, nas saunas e em outros cantos e recantos de uma cidade cada vez mais conservadora.

Além das questões da comunidade gay, Purnell também aborda, com humor ácido e ironia, as tensões raciais e a objetificação do corpo negro nos EUA, a depressão tão comum entre os gays americanos – especialmente os negros – e as relações sociais de um indivíduo soropositivo. Furiosamente original, cheio de vida, sinuoso, divertido, polêmico e transgressor, este romance de “não memórias” revela uma verdade avassaladora: há coisas muito mais assustadoras do que o HIV.

“Brontez é como uma língua de fogo, dura e crua, queimando seu caminho através de toda a falsidade gritante e a completa falta de sinceridade nas relações da cena gay – ou da música, ou humana – contemporânea. Esse audacioso romance, que não é um livro de memórias, queimou os pelos da minha nuca e me fez rolar de alegria.” — S.F. Bay Guardian

Brochura com orelhas
Outro formato
Formato único
Ver opções de compra

Conteúdos extra

Trecho
Leia uma amostra gratuitamente
Baixar 2,6 M

Outros títulos do Romance literário

Links relacionados

Facebook
Twitter
Instagram

Ficha técnica

Data de publicação: | Idioma: Portugués | ISBN: 978-65-5535-730-1 | Código: 10301430 | Formato: 14 x 21 cm. | Apresentação: Brochura com orelhas | Coleção: Fuera de Colección | Tradutor: Regiane Winarski | Sentido de leitura: Occidental

Todas as opiniões de Johnny, você me amaria se o meu fosse maior?

Deixar um comentário
  • Sua avaliação
Para que a avaliação fique visível, precisamos que aceda à sua conta Acessar