Utilizamos cookies próprios e de terceiros para coletar informação estatística do uso de nosso site e lhe mostrar publicidade relacionada com suas preferências mediante a análise de seus hábitos de navegação. Se continuar navegando, consideramos que aceita o uso dos cookies. Você pode mudar a configuração ou obter mais informações aqui.
Fechar
Planeta de Libros
  1. PlanetadeLivros.com.br
  2. /
  3. Autoajuda
  4. /
  5. Tpm pra que te quero?
Tpm pra que te quero?
Dicas, receitas e empoderamento

Juliana Ferraz

Tpm pra que te quero?

Dicas, receitas e empoderamento

Juliana Ferraz

Editorial: Outro Planeta
Tema:
Coleção: Outros
Número de páginas: 224
Formato único

Um livro tão gostoso quanto um brigadeiro!

Sinopse de Tpm pra que te quero?:

Desde pequenas somos vistas como o sexo frágil, histéricas e incapazes de escrever a nossa própria história. Sim, somos bombardeadas por hormônios em todas as fases da nossa vida e precisamos aprender a lidar com isso. Não é fácil! Temos oscilações de humor e às vezes simplesmente não temos vontade de nada. Quantas vezes já não passamos por isso?

Somos maternais, guerreiras, altamente capacitadas para chegar aonde quisermos. Cuidamos dos outros, de nós mesmas, somos sensíveis, questionadoras, cheias de energia vital. E por que será que somos consideradas tão frágeis? A fragilidade, certamente, está nos olhos de quem vê. Por isso, precisamos sempre nos empoderar, andar juntas e de mãos dadas <3

Em Tpm, pra que te quero? Ju Ferraz aborda de forma leve e descontraída o universo feminino com dicas, receitas (muitas receitas), e empoderamento. Já imaginou um livro com tudo aquilo que você gostaria de falar e ainda recheado com receitas práticas e deliciosas?

Conteúdos extra

PDF
Leia uma amostra gratuitamente
Baixar 4,58 M

Ficha técnica

Data de publicação: | ISBN: 978-85-422-1395-9 | Código: 10229996 | Formato: 16 x 23 cm. | Apresentação: Brochura com orelhas | Coleção: Outros | Sentido de leitura: Occidental

Todas as opiniões de Tpm pra que te quero?

Este livro tem 0 Comentários, seja o primeiro a comentar!
Deixe seu comentário