Utilizamos cookies próprios e de terceiros para coletar informação estatística do uso de nosso site e lhe mostrar publicidade relacionada com suas preferências mediante a análise de seus hábitos de navegação. Se continuar navegando, consideramos que aceita o uso dos cookies. Você pode mudar a configuração ou obter mais informações aqui.
Fechar
Planeta de Libros
Christo Brand

Christo Brand

CHRISTO BRAND era filho de um capataz de fazenda. Passou a infância brincando com crianças negras e pardas na zona rural
do Cabo Ocidental, na África do Sul, e pouco sabia sobre o cruel regime do apartheid que dominava outras partes do país.
Por ter abandonado a escola, ele deveria enfrentar serviço militar obrigatório nacional, mas, sendo um menino cristão, amante
da paz e da família, Christo relutou em entrar para as brutais forças armadas e policiais da África do Sul. Em vez disso, inscreveu-se no serviço carcerário e foi enviado à Ilha Robben para vigiar os homens mais perigosos da África do Sul: Nelson Mandela e seus companheiros revolucionários

Mandela: Meu prisioneiro, meu amigo - Nova edição

Mandela: Meu prisioneiro, meu amigo - Nova edição

Christo Brand

A amizade entre um jovem carcereiro e o prisioneiro Nelson Mandela

Sinopse de Mandela: Meu prisioneiro, meu amigo - Nova edição

Aos 19 anos, Christo Brand, um rapaz do interior nascido na mesma cultura africâner que criou o apartheid, conheceu Nelson Mandela. Pertencentes a mundos opostos, seus destinos se cruzaram quando Christo, então recruta do serviço carcerário da África, foi enviado para trabalhar na Ilha Robben, na Cidade do Cabo, no presídio de segurança máxima onde ficavam desde terroristas mais perigosos até líderes políticos anti-apartheid.

Mandela, o prisioneiro 466/64, era o principal nome neste segundo grupo. Filho negro de um chefe tribal e criado em uma aldeia, estudou Direito e praticou a advocacia para dedicar-se à luta contra o sistema racial que perseguia os negros e afirmava a superioridade dos brancos. O jovem carcereiro e o veterano lutador pela liberdade – então com 60 anos – tinham tudo para uma convivência lastreada no ódio, mas, em vez disso, desenvolveram uma amizade extraordinária, cujos detalhes são relatados neste livro.

Em Mandela – Meu prisioneiro, meu amigo, Christo Brand conta a história real deste relacionamento improvável. E, ao rememorar gestos, sorrisos e pequenos atos de solidariedade, compartilha com os leitores tudo o que de mais comovente testemunhou em seus anos ao lado de Nelson Mandela, homem cuja vida foi dedicada à liberdade de seu povo.

Bibliografia de Christo Brand

Carregando...